Capoterapia anima tarde de idosos


Proporcionar uma tarde com atividades físicas, animação e mudança na rotina dos idosos. Esta é a proposta da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania ao levar para as tardes dos idosos atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos(SCFV) a capoterapia, que objetiva incentivar a prática esportiva, por meio da dança e movimento inspirado na capoeira. 

A ação movimentou a tarde de 12 idosos que moram no bairro São Sebastião, que foram visitados pela equipe da Secretaria. De porta em porta, a equipe visitou as casas, respeitando os protocolos sanitários de enfrentamento à covid-19. Música, dança, exercícios físicos fizeram a diferença para muitos deles.

A dona Rosa Maria Oliveira reconheceu a iniciativa da Prefeitura Municipal. "Foi muito bom, maravilhoso. A gente fica em casa, não pode sair, tendo vocês na porta de casa, a gente fica muito feliz!". 

As atividades continuam nesta tarde(28) no bairro Barro Vermelho. A meta é visitar mais oito idosos.

Participaram  a coordenadora do SCFV, Luci Oliveira, o capoterapeuta Marcelo Freitas, a educadora física do NASF, Lúcia, o coordenador do CRAS, José Alves, orientadora social do SCFV, Ana Paula, a assistente social, Marina Mércia, além da Anísia e Ivaneide, técnicas da Secretaria.

O que é a Capoterapia
É uma terapia corporal própria inserida no contexto das terapias alternativas integrativas, inspirada nos elementos lúdicos da música da capoeira, em elementos de instrumentos de percussão, ritmos, linguagens cognitivas da sonoridade e gestualidade específica das manifestações artísticas e culturais.

Compartilhar Compartilhar Imprimir

Relacionadas